30/08/2017

Aranhacita, a aranhazinha calorenta
















Aranhacita é uma aranha muito calorenta.
Passa o dia a reclamar:
- Meu Deus Aranha, quando este calor vai acabar?
Os outros insetos do jardim, já acostumaram com esse seu lado tão resmungador.
O tempo passava, os dias mais quentes ficavam, e Aranhacita cada vez mais irritada estava.
Um belo dia sua amiga, a alegre Mademoiselle Joaninha resolveu a presentear.
Deu-lhe uma caixinha vermelha, com bolinhas amarelas e um grande laço cor-de-rosa.
- Aranhacita, é uma lembrança para você. - diz Mademoiselle Joaninha.
Aranhacita ficou emocionada, e tremia tanto suas patinhas, que quase deixou a caixa cair de tanta felicidade.
- Abra-a! - disse a Joaninha.
Aranhacita e abriu e para sua surpresa o que encontrou?
Dois pares de leques para se abanar!
Um era vermelho e dourado, e outro roxo e com detalhes alaranjados.
Aranhacita jogou a caixa, e logo começou a se abanar, com as quatro patinhas dianteiras.
- Amiguinha Mademoiselle Joaninha, que presente maravilhoso! - disse Aranhacita.
- Agora você  não precisa mais se estressar. É só se abanar. - disse a Joaninha.
Aranhacita beijou com delicadeza as asinhas da pequenina amiga.
Seus olhinhos marejaram de emoção.
Mademoiselle Joaninha, se sentiu recompensada pela gratidão e amizade de Aranhacita.
Aranhacita como forma de agradecimento, tricotou uma linda blusinha de lã de bolinhas rosinhas, para Madamoiselle Joaninha usar quando o frio chegar.
Amigo de verdade, sempre sabe agradar o outro, sem nada esperar em troca.
Basta ter apenas um pouco de sensibilidade, e observar como fez Mademoiselle Joaninha.

Elza Ghetti Zerbatto



24/08/2017

Melissa e Marcelo, os irmãos felizes










Melissa e Marcelo são dois irmãos que vivem numa fazenda linda, com muitos animais, e também pequenos jardins com diferentes espécies de flores nas mais variadas cores.
Melissa é magra, tem cinco anos, cabelos lisos castanhos avermelhados e usa lacinhos vermelhos, um vestidinho branco rodado com estrelinhas vermelhas, com mangas longas.
Marcelo tem sete anos, cabelos da mesma cor de Melissa, e usa calça verde alface, e um casaco vermelho de bolinhas brancas e de mangas compridas.
O jardim que os dois mais gostam de brincar, é o de flores vermelhas, e entre elas há gérberas, árvores de hibiscos e kalanchoes.
Melissa adora cavalgar, no seu pequeno cavalo chamado Dengoso.
Ele é muito calmo, amigo e quando Melissa monta-o, coloca um pano vermelho em cima de suas costas, para ficar mais confortável para ambos.
Todas as tardes Melissa e Marcelo correm, e Marcelo diz ser mais rápido do que Dengoso.
Melissa dá o comando de correr, e Marcelo saí na frente tentando ultrapassar Dengoso.
Quando os dois se cansam, e Dengoso mostra estar cansado, Melissa desce dele com ajuda de Marcelo, dá-lhe água, leva-o para relaxar embaixo de uma macieira, e faz carinho em suas costas.
Marcelo ri muito e sempre diz:
- Viu Melissa como eu sou mais rápido do que vocês?
Melissa ri até gargalhar, e Dengoso que entende a conversa relincha feliz como se dissesse:
- Eu sou mais rápido que você Marcelo.
E nestas brincadeiras ingênuas, o tempo passa tão ligeiramente que logo cai a noite, e os irmãos amigos entram para tomar banho, jantar e dormir.
Brincar é muito bom, e se tem irmãos e amigos então, aí é a mais pura perfeição!




Elza Ghetti Zerbatto


imagem gérberas: www.baixaki.com.br

17/08/2017

Revoada de andorinhas















Uma revoada de andorinhas,
pelo céu branco a movimentar.

Subindo e descendo felizes,
fazendo círculos no ar.

Um belíssimo espetáculo,
da natureza em ação,
alegria e leveza,
com pitadas de emoção.


Voando livremente,
por todo o quarteirão.

Um presente diferente,
nessa fria estação.

Vão e voltam,
voltam e vão,
vão e voltam,
voltam e vão.

Leves, lindas, soltas,
muito zen!


Elza Ghetti Zerbatto 


imagem:  https://www.papeldeparede.etc.br

11/08/2017

4° Festival de contos do Rio de Janeiro



















Bom dia!
Passando para compartilhar mais um importante evento promovido pela Literarte, a editora que abriu-me as portas para realizar o sonho de publicar meus livros.
Tive a oportunidade de participar em 2013 e foi uma experiência inesquecível.


Para participar basta acessar o link e seguir as orientações:
"Inscrições Abertas para o 4º Festival de contos do RJ - Cidade Escolhida - Petrópolis - RJ" em Associação Internacional de Escritores e Artistas

Desejando a todos um excelente fim de semana, e um ótimo dia dos pais.
abração com carinho


Fotos de minha autoria na participação do Primeiro Festival de contos em 13/07/2013 em Cabo frio, onde recebi o prêmio Melhores Contistas 2013, com o conto Caracolito, o caracol que perdeu sua casinha, através da editora Mago de Oz de Portugal em parceria com a Literarte.




09/08/2017

Dona Porquilda, Chocolate e seus irmãos





















Era uma vez uma linda fazenda rodeada de flores, de todas as cores e árvores frutíferas de todos tamanhos e sabores.
Nela haviam também cachoeiras e piscinas.
Os animais não eram sacrificados, mas sim criados com muito amor e carinho por todos os humanos.
Cavalos,bois,galinhas, gatos,cachorros,marrecos, patos,e em especial uma família de porcos.
Num dia muito ensolarado e belo,Dona Porquilda,uma charmosa porca bege,alimentava seus cinco lindos filhotes gordinhos.
Todos eram muito esfomeados,e corriam rapidamente para mamar em sua mãe.
O único que demorava para conseguir chegar até ela era o Chocolate.
Por ser o mais lento, era obrigado sempre a esperar a sua vez chegar.
Mamãe Dona Porquilda muito feliz ficava de alimentar sua prole, mas preocupava-se de não deixar Chocolate de lado, pois ele podia sentir-se rejeitado.
Olhava-o sempre com muita meiguice e carinho, e esfregava seu rosto nele,quando este aproximava-se.
Quando Chocolate finalmente pegava seu lugar era uma festa,pois o leite já estava bem mais quentinho.
Chocolate era um bom porquinho.
Herdou sua cor cor de seus avós paternos, e a paciência de sua delicada mãe.
Sabia que não adiantava brigar, pois se isso fizesse ele ou algum outro irmão poderiam machucar-se.
Mamava todo alegrinho e as vezes, espirrava gotinhas de leite no seu focinho.
Quando acabava, dormia bem relaxado, com a Mamãe Dona Porquilda ao seu lado,fitando-o com muita ternura.



Elza Ghetti Zerbatto


imagem: http://www.downloadswallpapers.com/

01/08/2017

Jito, o caramujo sonhador























Jito é um simpático e alegre caramujo que vive nos jardins de Caracolandia.
Sua rotina diária é apanhar flores, frutas e folhas para levar à sua família.
Seu maior sonho é arranjar uma linda namorada, com quem possa passear calmamente, olhar as estrelas e curtir as noites enluaradas.
Quando termina suas atividades, vai descansar próximo à uma mangueira, onde há uma grande pedra, e fica observando o céu e suspirando profundamente, e deliciando-se com a luz prata da lua.
Em sua mente sonhadora tudo é muito claro.
A amada é alegre, divertida e inteligente.
Os dois escalam as flores, árvores frutíferas e vão até a grande pedra para namorar.
Romântico, Jito tira flores do jardim, e oferta à sua amada que sorri com sua delicadeza.
E assim passam-se os dias e Jito continua a sonhar.
Quem sabe logo em breve ele encontrará sua amada?




Elza Ghetti Zerbatto


imagem: www.baixaki.com.br

Besourão pretão

Zum zum zão, besourão pretão. Zum zum zão, besourão pretão. Voou pelas plantas. Os insetos saíram correndo, com medão do bic...