15/05/2017

Três tomatinhos











Ao fundo sob o céu azulado de outono,
num lindo vasinho,
junto a outras plantinhas,
brotam alegremente,
três tomatinhos.

Ao observar-se seu crescimento,
nota-se a força e a beleza,
da transformação da grande Mãe Natureza.

De um singelo pontinho marrom,
vão surgindo lindas florzinhas,
delicadas e amarelinhas,
que vagarosamente mudam-se,
pra forma de bolinhas verde clarinhas.

E estas pequeninas graciosamente,
vão se avermelhando,
até tornarem-se lindos tomatinhos.

Quanto tempo e trabalho,
de vital importância,
dentro da cadeia alimentar,
que encanta e nutre,
tantos seres direta e indiretamente,
com sua métrica perfeição!

À maravilhosa e digna Mãe Natureza,
devemos respeito e eterna gratidão!


Elza Ghetti Zerbatto

imagem: www.baixaki.com.br























3 comentários:

  1. A natureza sempre nos alegra e faz bem...Adoro observá-la! Linda poesia dos tomatinhos! bjs, chica, linda semana!

    ResponderExcluir
  2. A natureza sábia e milagrosa sempre transbordando alegria. Amei o texto

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde, Elza
    Seus versos me encantaram, querida
    A natureza é caprichosa.
    Um abraço apertado e beijinhos de
    Verena e Bichinhos.

    ResponderExcluir


Comentários edificantes são sempre bem-vindos!
Comente, deixe seu link, me siga e retribuirei sua gentileza.
Obrigado a todos.

4° Festival de contos do Rio de Janeiro

Bom dia! Passando para compartilhar mais um importante evento promovido pela Literarte, a editora que abriu-me as...