29/03/2016

Árvore de azaleia rosada (poetrix)










                                        





sol batendo forte
                           árvore de azaleia rosada
                           paz e harmonia



Elza Ghetti Zerbatto





imagem: www.baixaki.com.br

23/03/2016

Aviso aos participantes do Sarau da Casa de Cultura Tremembé










ATENÇAO!

POR DETERMINAÇÃO DA SECRETARIA DE CULTURA DO MUNICíPIO, A CASA DE CULTURA TREMEMBÉ ESTARÁ FECHADA NO DIA 26 DE MARÇO DE 2016 E PORTANTO NÃO PODERÁ APRESENTAR SEU TRADICIONAL SARAU LITERO MUSICAL.

ESPERAMOS SUA COMPREENSÃO E CONTAMOS COM SUA PRESENÇA NO DIA 30 DE ABRIL QUANDO ENTÃO CONTINUAREMOS COM NOSSAS ATIVIDADES.

NOSSO MUITO OBRIGADA E UM CARINHOSO ABRAÇO.

NOEMI DE CARVALHO MOURA

ORGANIZADORA E APRESENTADORA


Imagens e textos pertencentes á organizadora.



20/03/2016

Bem-vindo outono querido!







Ele chegou acalmando as temperaturas,
trazendo as doçuras da terra,
em forma de frutas deliciosas.

As árvores por sua causa trocam de cor,
suas folhas ficam vermelhas,
marrons, amareladas,
douradas até caírem totalmente.

É a vida se renovando,
reinventando e reciclando.

Seu ar ameno convida á introspecção,
representa o equilíbrio perfeito,
entre as quatro estações.

Nessa época o dia e a noite são iguais,
não há sobreposição e sim união.
A natureza comemora e comunga,
sua particular e delicada beleza.


Bem-vindo outono querido!

Elza Ghetti Zerbatto

imagem: www.baixaki.com.br

O outono entrou hoje ás 01h30 min.

14/03/2016

Nas asas da poesia (homenagem ao dia nacional da poesia)













Nas asas da poesia,
podemos todos viajar.

Sentir a força de sua magia,
grandeza e sutil harmonia,
compartilhar alegria,
existente na beleza do dia-a-dia.

Nas asas da poesia,
queremos desbravar,
a profundidade dos sentimentos,
a força da água, fogo,
terra e ar.

Nas asas da poesia,
podemos pousar,
na montanha da imaginação,
que nos leva a qualquer lugar.

Nas asas da poesia,
há mistura de vários seres,
que afloram dentro de nós,
com seus maravilhosos poderes.

Nas asas da poesia,
descansamos nossa mente,
abrimos nosso coração,
de forma transcendente.

Nas asas da poesia,
fazemos a imensa conexão,
enraizada com a mais pura emoção!


Elza Ghetti Zerbatto

imagem: www.recadosonline.com.br

08/03/2016

Mulher: energia divinal ( homenagem ao dia das mulheres)







Mulher energia divinal,
tem seus ciclos como a Lua,
sensível, bela e forte,
amar intensamente é seu verdadeiro norte.

Geradora da vida,
és criança,
donzela,
sábia anciã.

Quem nunca se deitou sob seu colo,
e fez dele seu divã?

Capaz de proteger, criar,
transformar,
com seu toque mágico e alquímico,
muda tudo por onde passar.

Espalha beleza, ternura e carinho,
mas como toda rosa,
também tem seus espinhos!

Não mexa com seus filhos e lar,
de fragilidade e aparência inocente,
numa brava guerreira está prestes,
a se revelar!

Seu sagrado clã irá proteger,
com seu matriarcal poder!

Nas batalhas diárias da vida,
no retorno ao seu lar,
faz o tempo parar,
a fim de um gostoso abraço apertado,
em sua família dar.

Sorri para as mágoas disfarçar,
por sob a maquiagem,
uma cachoeira de sentimentos,
está ocultada no seu olhar!

Mulher energia divinal,
dentro de seu delicado corpo feminino,
guardas uma poderosa deusa,
de força descomunal!


Elza Ghetti Zerbatto


imagem:  www.baixaki.com.br


Parabéns a todas mulheres do mundo!


03/03/2016

Exposição Sem árvores não haverá vida


Projeto "Conhecer para Preservar pintura sobre azulejos de cerãmica"

Período de 3 de março a 10 de abril 


Crianças de 5 a 14 anos da Comunidade do Sapo


Museu Florestal Octávio Vecchi


Rua do Horto, 931


Horto Florestal  Tel: (11) 2231-855 ramal 2063


Horário:
Terça á sexta-feira das 9h ás 12h e da 13:30h ás 16:30h
                Domingos das 10h ás 14h































Todas as imagens e texto, pertencem ao blog do MICA e tem autorização da proprietária, para  único uso de fins de divulgação.

http://artmica.blogspot.com.br/2016/03/exposicao-sem-arvores-nao-havera-vida.html

Revoada de andorinhas

Uma revoada de andorinhas, pelo céu branco a movimentar. Subindo e descendo felizes, fazendo círculos no ar. Um belíss...