28/09/2016

A fadinha da tritonia










Jita é uma fadinha de cor alaranjada, que vive a perambular animadamente entre vasos, canteiros e jardins.
Um dia ela estava a visitar vasos de uma casa, e para sua surpresa a dona desta conseguiu a fotografar.
Jita era tímida e assustou-se com o flash da máquina.
Marina ficou impressionada ao ver a imagem de uma fada justamente na sua flor mais querida: a tritônia.
- Nossa como estão lindas minhas crianças! - pensou ela em voz alta.
- Minha tritônia que doçura!
- Não acredito que tem uma fada aqui!
Jita observou tudo, e entre um misto de curiosidade e vontade de se comunicar permitiu desta vez deixar-se novamente fotografar.
Marina resolveu outra vez a tritônia clicar, e para sua alegria a fadinha apareceu.
Ela pensou:
- Será que ela quer algo comigo?
E de repente sentiu ao seu lado direito, um ventinho suave e uma bolinha de luz alaranjada á sua frente.
- O que é isso?
Para sua surpresa Jita na sua direção ficou, e com ela falou:
- Olá!
Marina olhou para os lados, e e foi ver de onde vinha a voz.
- Olá!
- Quem está falando?
- Olá! - disse Jita.
- Olá! - disse Marina.
- Como é seu nome?
- Meu nome é Marina e o seu?
- Jita. Sou uma fada alaranjada.
- Não sabia que fadas falavam.
- Sim, nós falamos, mas só quem é sensível nos escuta. - disse Jita.
- Você é muito bonitinha! - disse Marina.
- Obrigada! - disse Jita.
- O que faz aqui em minha casa?
- Senti um cheiro gostoso vindo de seus vasos, e decidi dar uma olhada.
- Seja sempre bem-vinda fada amiga.
- Obrigada Marina.Parabéns por cuidar com tanto carinho de suas plantas.
- Ah! Eu amo minhas crianças e elas me fazem muito bem.
- É isso mesmo Marina.Todos nós precisamos respeitar, amar e cuidar da natureza e assim as fadas estarão sempre em alegria.
- Se depender de mim Jita, vocês serão eternamente felizes!
- Muito bom Marina. Agora preciso visitar outros jardins e também ajudar os que estão mais sequinhos.
- Vá minha querida e volte sempre que puder. Minha casa é sua também.
- Obrigada!
- Tchau!
- Tchau!
E uma nova amizade se iniciou, entre uma humana amante da natureza e o reino elemental.


Elza Ghetti Zerbatto

imagem: www.baixaki.com.br

2 comentários:

  1. Que linda história, linda amizade e adorei a Marina, nome da minha netinha,rs...bjs, chica

    ResponderExcluir


Comentários edificantes são sempre bem-vindos!
Comente, deixe seu link, me siga e retribuirei sua gentileza.
Obrigado a todos.

Azaleia branquinha (poetrix)

                                                                                  vaso cheio                            ...