09/08/2016

As abelhinhas e o manjericão











O manjericão ficou renovado,
a bruxinha retirou,
as folhinhas e galhinhos sequinhos,
trocou o vasinho de lado,
pra que ele não tombasse.

As folhinhas estranharam,
mas depois com um pouquinho de água,
e um tiquinho de carinho,
logo se levantaram.

Para a surpresa da bruxinha,
apareceram três abelhinhas.

Espertas como elas são,
vieram provar o sabor,
das florzinhas branquinhas,
tão perfumadas e belas do manjericão.

Revezaram-se entre si,
até que ficassem contentes.

Cada uma escolheu uma flor,
e recolheu o mel dela com amor.

A bruxinha muito feliz ficou,
afinal com tantos lugares,
por todo nosso planeta,
onde não aparecem,
mais nenhuma abelhinha,
a sua casa foi abençoada,
pela gentil visita,
das três amigas pequenininhas.


Elza Ghetti Zerbatto


texto publicado em 23/06/2016 no Recanto das Letras


imagem: www.flicker.com

3 comentários:

  1. Que lindo e com amor e carinho a planta revigorou e as amiguinhas logo apareceram. Adorei! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Uma bruxinha que faz artes de amor em prol da natureza. Lindo poema. No blog poesia de amor

    ResponderExcluir
  3. Uma bruxinha encantadora que gosta de plantinhas.São tão delicadas as florzinhas do manjericão. Adorei essa bruxinha!
    Um abraço.
    Amara

    ResponderExcluir


Comentários edificantes são sempre bem-vindos!
Comente, deixe seu link, me siga e retribuirei sua gentileza.
Obrigado a todos.

Besourão pretão

Zum zum zão, besourão pretão. Zum zum zão, besourão pretão. Voou pelas plantas. Os insetos saíram correndo, com medão do bic...