05/06/2017

A joaninha e a pimenteira

















Uma joaninha cor ferrugem,
de bolinhas pretinhas,
estava escondidinha,
no pé de pimenteira.

Certamente estava se protegendo,
do forte sol de verão,
ou quem sabe até,
comendo um delicioso pulgão.

A bruxinha rapidamente pegou,
o seu celular para fotografar,
mas a foto não ficou nítida,
difícil de se visualizar.

Que pena!

A graciosa joaninha,
ficou por aí um bom tempo,
mudando apenas de folhinha,
e a bruxinha ficou bem tristinha.

Talvez da próxima vez,
a dona joaninha,
fique mais visível,
e a bruxinha consiga registrar,
sua amiguinha num belo clicar!












Elza Ghetti Zerbatto










imagem: www.baixaki.com.br

3 comentários:

  1. Que pena que a joaninha se escondeu,rs...Linda poesia!Adorei! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Que linda poesia, e a foto maravilhosa.

    ResponderExcluir
  3. Elza depois de tanto tempo fico sem graça de chegar sem bater na porta, mas está entre aberta então entrei e vim ler um pouquinho de você, ah que saudades de teus versos que falam direto a criança que em nós vive, desculpe a ausência voltei a postar tem uns tres meses, comentar os amigos estou devagar, depois da partida de meu irmão há quase dois anos não me ergui, voltou a abrir a ferida do meu Luiz, fiz vários ensaios de retorno que falharam, mas agora estou mais firme,estou postando e visitando amigos, me desculpe, bjos

    ResponderExcluir


Comentários edificantes são sempre bem-vindos!
Comente, deixe seu link, me siga e retribuirei sua gentileza.
Obrigado a todos.

Prenúncio de inverno

Chuva cai. Vento gelado prenunciando o inverno. Um pássaro solitário voa rapidamente buscando abrigo. O verde das árvores ...