12/01/2017

Lagartinha gulosa














Tic, tic, tic,
uma lagartinha faminta a comer,
a folha de minha biri,
que acabou de crescer.


Devora tudo lentamente,
daqui a pouco vai se enrolar,
fazer um pequeno casulo,
para depois numa bela borboleta,
se transformar.


Verdinha e gulosa que só,
a danada percorre a coitada da folha,
que fica com marcas dos dentinhos,
e retalhada que dá dó!


Que fábrica gigante,
tem no meu amado jardim,
um verdadeiro borboletário,
que mais parece um berçário!


Elza Ghetti Zerbatto

imagem: www.baixaki.com.br

2 comentários:

  1. Um lindo processo de vida e metamorfose, depois de asas livres no ar nos encanta. Linda poesia

    ResponderExcluir
  2. Um amor de historinha e lagarta! bjs praianos,chica

    ResponderExcluir


Comentários edificantes são sempre bem-vindos!
Comente, deixe seu link, me siga e retribuirei sua gentileza.
Obrigado a todos.

A fada folha

   Uma fada disfarçada, de folha enrolada.   Fez de tudo para não ser notada, pela curiosa menina. Uma fada envergonhada, tímida po...